segunda-feira, 26 de dezembro de 2016

A Origem de Zagor

No Brasil, a história que chegará em 2017, em cores pela primeira vez, foi lançada em duas versões, bastante diferentes, em termos de edição, e não história, apesar das singularidades da tradução.
                                   






A Primeira revista do Zagor no Brasil em Agosto de 1978 veio com a capa da ZAGOR 01 Italiana: Encontro na Floresta, que a Vecchi só lançaria na edição 12.


Lembrando que é em "Encontro na Floresta" onde Chico aparece pela primeira vez, antes de Zagor e acabam se salvando mutuamente ao longo da aventura.


A Editora Record em Agosto de 1989, após Zagor ter passado pela Editora RGE/Globo, relança o personagem em formato italiano, ao contrário da Vecchi, RGE/Globo que eram formatinho, acabamento plastificado para capas, fazendo estas edições Record, as mais memoráveis entre os fãs pelo alto grau de editoração!

Ambas edições nacionais tiveram o editor OTA, que é lembrado com muito carinho por suas epístolas nas revistas Record, além dele Paulo Guanaes fez a tradução, sendo que a Zagor VECCHI teve de usar um pseudônimo por motivos trabalhistas com a editora e o W. Valim que letreirou as edições.

domingo, 25 de dezembro de 2016

Álbum Zagor de Tiziano Angelini

O trapper Tiziano Angelini é Italiano e todo ano está em Birigui/SP, portanto sempre entre a Velha Bota e o Brasil e nos brindou com várias imagens do álbum de figurinhas do Zagor.
Este material, ainda não foi lançado no Brasil, como viram na correspondência à Mythos na matéria sobre A ORIGEM de ZAGOR em Cores, a fogueirinha não se manifestou sobre o lançamento nacional deste material.
A edição do álbum do Zagor tem um apelo gigante junto aos trappers do Brasil.
Não somente pela história de 16 páginas encartada na edição, mas pelo grande apreço por seus autores, figurando no livro de cromos.
Bem como toda uma gama de personagens e das Sagas Zagorianas pelos Continentes Africano, Europeu, Americano e Antártico,  que transformam estas histórias em aventuras memoráveis.
Um sonho de todos trappers ... e fãs do Grupo Zagor Brasil e dos Fãs Clubes Tex e Zagor Brasil seguem se organizando para comprarem coletivamente este material, e claro, fazer ótimas trocas de figurinhas por 2017, nos Encontros Regionais e na IV Brasil Fumetti Con - Belo Horizonte/MG.

ZAGOR 169 - Capas e Internas

Como vimos na postagem sobre o Zagor 169 já disponível para venda no site da Mythos, e em breve, por todo o Brasil, em bancas, trás o retorno de Hellingen.
A Edição Brasileira engloba dois volumes italianos, pois para diminuir os custos de editoração e distribuição, a editora Mythos bimestralizou a revista aumentando a quantidade de páginas.
Desta forma, mantém a regularidade de edições anuais: 12 números italianos.
Que eram as 12 edições da Revista Zagor Mythos.
E ao mesmo tempo, reduz a quantidade de circulação/distribuição da revista pela metade, diminuindo o custo deste serviço.
O processo de editoração e impressão por edição se torna mais em conta, pois se antes se gastava com 04 capas coloridas, neste processo somente duas.
Um ajuste que se faz necessário neste formato, é que o frontispício de uma das edições desse espaço para editorial ou correios.
Pois ele se repete no meio da revista, como se a edição fosse uma nova revista, e neste formato se sabe que é continuação e portanto desnecessário, além de se ganhar espaço para outras ações como correios melhor desenvolvido, ou editoriais com mais matérias extras.
No Brasil a história sairá completa em 2 volumes e meio (Zagor italiano 601-605), na Croácia a saga do RETORNO de Hellingen ganhou uma edição MAXI com a aventura completa, e como veem, o vilão é um dos mais odiados pelos trappers mundo afora!

sábado, 24 de dezembro de 2016

ORIGEM de ZAGOR em CORES - Mythos 2017

Em primeira mão, trazemos a cereja do bolo, dentro da programação ZAGOR MYTHOS 2017: ORIGEM do ZAGOR em CORES!
A edição já foi publicada pelas editoras Vecchi (1978) e Record (1989) porém ambos volumes são em preto e branco!
Apesar de duas versões nacionais em p/b em solo brasileiro, a mesma, por outro lado é bastante procurada pelos fãs e muitas vezes, pedem a republicação do volume.
E com o sucesso da publicação em cores na Itália, das edições de Zagor, bem como, o sucesso que a Epicenter Comics veem obtendo com volumes coloridos nos States, não há como se ausentar desta nova realidade.
Atendendo a inúmeros pedidos de fãs nos últimos anos quanto ao lançamento do Zagor em Cores, a Mythos lança o volume com a ORIGEM do ZAGOR (Zagor Italiano 55), que como se vê nas imagens acima descobriu da pior forma o preço da vingança.
E quanto sacrifício é preciso para 'remediar' o caminho da machadinha desenterrada. O heroi nasce e cresce com apoio de amigos, e se constroi na lida com as tribos e demais habitantes de Darkwood.
Sem sombras de dúvidas, um acerto da Mythos em lançar ZAGOR em Cores com a Origem de Zagor, ainda que não seja a Zagor Italiana 01, como nós fãs do Espírito da Machadinha gostaríamos. 




quarta-feira, 21 de dezembro de 2016

Novidades Mythos 2017 - Zagor Especial 58 e 59

Zagor Especial 58 - Maxi Zagor n° 5 + 16 páginas (2004) - Pesadelo no Mar 


PARA ENCONTRAR FISHLEG E A TRIPULAÇÃO DO "BABY OURO", ZAGOR CONFRONTA OS HORRORES QUE DORMEM NO ABISMO!
Roteiro: Luigi Mignacco
Arte: Gaspare e Gaetano Cassaro
Capa: Gallieno Ferri


O capitão Fishleg e a tripulação do "Baby Golden" desapareceram no Atlântico caçando "Red Death", um gigante cachalote, cuja fama cresce nas histórias que os marinheiros de toda a costa narram em voz baixa nas tabernas esfumaçados dos portos ... Zagor e Virginia Humboldt, alarmados por um sonho idêntico no qual Ramath lhes pede ajuda, embarcam com Chico no "Dark Shark" do Capitão Sinn para descobrir qual foi o destino dos seus amigos ...





Zagor Especial 59 - Maxi Zagor n° 10 (2008)  - Corrida Mortal

UMA CORRIDA DE TRENÓS NA GREAT NORTH ESCONDE CAÇA UMA ARMA SECRETA CAPAZ DE DESTRUIR O MUNDO!
Roteiro: Mirko Perniola
Desenhos: Gianni Sedioli
Capa: Gallieno Ferri

Na nevada cidade de Fort Niagara está prestes a começar o Quest North, uma corrida de trenós que tem como objetivo Croix de Quebec, na margem do rio San Lorenzo. No jogo está um prêmio de cinco mil dólares, que é tentador para muitos concorrentes lotado no início da prova com suas equipes de cães. 

Enquanto isso, não muito longe, em um posto misterioso, onde os experimentos do exército com novas armas mortais, um traidor subtrai o único protótipo existente de uma arma cujo poder, se libertado, pode acabar com a vida de todo um continente. Sua finalidade é vender ao evasivo Kurtz, um espião que oriundo da Europa. 

Mas Zagor estava na caça do agente secreto perigoso e chegou a Fort Niagara, e descobre que o protótipo estava escondida em um dos trenós participantes na corrida. 

O Espírito com o Machadinha deve ser capaz de recuperar e destruir a arma secreta, antes que caia nas mãos de Kurtz, ou redescobrir os militares, pronto para retomar seus experimentos letais. Assim começa uma luta até a morte e sem tabus na longa pista de gelo da grande corrida ...

terça-feira, 20 de dezembro de 2016

Interação Zagor Brasil 2016

Vídeo feito com postagens Zagor Brasil e trappers!

2017 promete e a família Zagoriana cada dia mais firme e presente!

video

Zagor Especial 56 e 57 - Novidades Mythos 2017


Através de email, o Editor de Zagor - Mythos Editora: Dorival, nos informou que os próximos lançamentos do ZAGOR ESPECIAL serão:

sexta-feira, 9 de dezembro de 2016

Zagor 169 - A HERANÇA DE HELLINGEN

A HERANÇA DE HELLINGEN / RESSURREIÇÃO


Texto: Burattini * Desenhos: Ferri 
Formato 13,5 x 17,6 cm - 192 pags - p&b - R$ 19,90

A nova aparição dos akkronianos dá início a uma sucessão de eventos que levam Zagor a retornar ao monte Naatani. Os misteriosos equipamentos alienígenas que ficaram no local parecem ter se reativado de forma repentina! Na floresta de Darkwood, um gigantesco e invencível pele-vermelha semeia a morte! E o seu objetivo é o Espírito da Machadinha!




As máquinas dos akkronianos se reativam também nos laboratórios de Elsewhere, na Filadélfia: todos os aparelhos estão se reparando sozinhos e começam a se comunicar entre si! Os autômatos programados para matar Zagor também voltam à vida e só Hellingen pode saber como detê-los, se o mad doctor não tivesse desaparecido há muitos anos. 






Fonte:  https://www.mythoseditora.com.br/